Viajando barato com formas de consumo colaborativo


Muita gente deixa para tirar férias em janeiro. Descansar, curtir o sol, a montanha, a fazenda, conhecer lugares novos… viajar é sempre bom. O problema é o dinheiro. Nem sempre temos grana para conhecer os lugares que gostaríamos de visitar.

Mas tem uma boa solução para isso, dentro do que chamamos Consumo Colaborativo. É uma forma de alugar um quarto, ou até mesmo um sofá, em casa de pessoas no seu destino, e assim conhecer de perto a rotina do lugar e de quebra pagar baratinho.

Ano passado Dan e eu estivemos na Europa, e usamos o Airbnb para encontrar hospedagem barata em Barcelona e em Roma. Foi uma ótima experiência.

Além de termos reduzido muito o preço da viagem, conhecemos a simpaticíssima italiana Stefania, com seu apartamentos arrumadinho sempre com boa música ambiente. Ela adora Caetano e outros músicos brasileiros, e demos para ela uma grande quantidade de músicas em mp3. Conhecemos também a brasileira-barcelonense Bruna, que deu altas dicas de compras e tansporte em Londres. O apartamento dela ficava a pouca distância do ponto de chegada do ônibus do aeroporto e perto também das Ramblas: fizemos tudo a pé.

O legal nesses sistemas colaborativos é que a própria comunidade ajuda na segurança e na avaliação de qualidade. Você deixa um comentário sobre seu anfitrião (ou hóspede, se você resolver alugar um quarto pelo site e assim ganhar uma grana extra). Assim os próximos usuários saberão o que esperar – se o lugar é barulhento, se o anfitrião não é gentil, se tem cheiro de cigarro, se tem bicinhos de estimação, enfim, tudo é dito.

Dicas para viajar como bom "hóspede":

  • Lembre-se que não é um hotel. Não atrapalhe a rotina da casa. Não perca as chaves, e leve seu celular para se comunicar com seu anfitrião (esse foi um grande erro nosso, que nos deixou super constrangidos quando nos perdemos e atrasamos no check-in!!)
  • Leia todos os comentários e avalie se o lugar onde você pretende ficar lhe atende, quanto a distância, facilidade de transporte, tipo de família onde vai se hospedar. Assim como hotéis, quanto mais você estiver disposto a pagar, mais vantagens pode ter, como café-da-manhã (nem sempre incluso), um quarto mais privativo, etc.
  • Lembre-se que você é responsável por sua segurança: busque todas as indicações do anfitrião ou hóspede, peça referências, fotos, pesquise nas redes sociais sobre a pessoa. Diga exatamente o que você espera e o que você não quer.
  • Leve uma lembrancinha de seu lugar de origem. Um mimo sempre agrada!

Você também pode experimentar algo menos confortável, mas ainda mais vantajoso financeiramente: conheça o Coachsurfing.

Outra dica: programe viagens em grupo e dê caronas para amigos que vão para a mesma direção. Se for viajar de avião, um site excelente para acomoanhar promoções é o melhoresdestinos.

Boas férias!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s