Expedição noturna ao jardim


 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estava escurecendo quando chegamos em casa da floricultura, seis da tarde. Fizemos uma grande reforma no jardim, e só faltavam alguma mudas de flor maria-sem-vergonha para completá-lo. Apesar de térreo, nosso apartamento fica no topo de uma colina, então venta muito, e já estava esfriando – o jornal anuncia 11 graus para esta madrugada aqui em BH, o que, para a gente, já é um friozinho respeitável.

Por mim eu iria para dentro de casa, fecharia as janelas e só mexeria com as mudas amanhã. Só mesmo o Dan para me fazer mudar de idéia. Plantamos as mudas, e ele foi logo arranjando mais que fazer. – Me arranja uma tesoura, faz dias que estou querendo replantar essas cebolinhas. As cebolinhas foi o William, colega do trabalho, que gentilmente trouxe da roça dele. E ainda estava num vaso esperando o replantio. Já há alguns meses o Dan vem preparando duas telhas grandes, compridas, para plantar uma horta. Meio a contragosto, fui buscar. Antes de voltar, ouvi o Dan gritando – pega também uma vasilha, e um banquinho! Já eram sete da noite.

E lá fomos nós dois. Eu fiquei encarregada de fazer um mix de sementes – e exagerei mesmo! haha…sementes de salsinha, pimentão, espinafre, alface, escarola, rúcula, rabanete e cenoura. Tudo misturado. Sabemos que o certo é plantar antes numa sementeira, mas…tem hora que dá vontade de fazer a coisa assim, no ímpeto, e ver no que dá. Tenho chegado à conclusão de que jardinagem é mais tentativa e erro do que gastar horas na internet procurando orientação – como eu vinha fazendo, enquanto as plantas agonizavam lá fora. É por isso que me apaixonei pelo Dan – ele simplesmente vai lá e faz.

E assim terminamos a noite: flores plantadas, jardim regado, cebolinhas e três tomatinhos verdes colhidos, jardineiras e telhas cheias de sementes para nos surpreenderem nas próximas semanas. Cruzem os dedos! :)

Agora com licença que vou comer um feijão bem quentinho com pão!

 

About these ads

3 comentários sobre “Expedição noturna ao jardim

  1. Carol, a noite é o melhor horário pra mexer no jardim. Eu também faço como vocês – chega uma hora que eu tenho tantas sementes que simplesmente espalho tudo junto. Um coentro nascendo em lugar inesperado é sempre uma grata surpresa. Um abraço, N

  2. Pingback: Renovando a horta de apartamento – nova expedição noturna | Do nosso quintal pro Mundo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s