Mude! Ponha mais verde no seu dia a dia!


Post do Dan, originalmente publicado na Revista Ecológico online.

A sua casa pode ser considerada um lar sustentável? Você está conseguindo manter as ações e atitudes ambientalmente corretas na sua casa? Estas são algumas perguntas que hoje surgiram na minha cabeça.

Em casa, já ha algum tempo, estamos eu, minha esposa Carol e nossa bebê Júlia procurando tornar o nosso dia a dia mais sustentável. Não é uma tarefa fácil, mas já temos visto e sentido os benefícios.

Imagem

Resolvemos experimentar algumas mudanças para tornar o nosso lar mais sustentável. Reduzimos drasticamente o consumo de carne, passamos a reutilizar a água da máquina de lavar roupas e agora da banheira da Júlia, paramos de usar produtos de limpeza tradicionais e adotamos a limpeza ecológica, colocamos lâmpadas econômicas nos locais de casa que são mais utilizados, adotamos a separação e seletiva de lixo, passamos a fazer a compostagem do nosso lixo orgânico, estamos utilizando fraldas ecológicase mais!

É suficiente? Claro que não! Mas acreditamos que estamos no caminho certo. Algumas dessas mudanças geraram um pouco mais trabalho e não são fáceis de ser assimiladas, mas o segredo é incorporar essas mudanças no dia a dia de forma prática. 

Um ponto é criar facilitadores para que as mudanças não sejam pesadas. Por exemplo: O local para se colocar o lixo deve ser de fácil acesso com as caixas já separadas para cada tipo de material. O recipiente para receber a água da máquina deve estar sempre ao lado e pronto para receber a água. Enfim, as coisas devem estar à mão.

O sucesso de uma mudança verde depende também do retorno que ela lhe proporciona. Se o retorno está sendo positivo, a mudança tem tudo para pegar. Se o retorno é negativo, o desânimo vem junto e a mudança já era. 

Quando resolvemos diminuir o consumo de carne o resultado foi surpreendente. A nossa saúde melhorou, o nosso orçamento com comida ficou bem mais leve, sem contar com as inúmeras descobertas gastronômicas que fizemos no mundo vegetariano. Tudo isso ajudou a mudança ser incorporada sem traumas.

 Já com o minhocário a coisa não foi tão bem. No início estávamos empolgados com as minhocas e com a compostagem caseira, mas aos poucos o sistema foi se desequilibrando até que ele parou de funcionar. Resultado: desistimos das minhocas e agora estamos fazendo outro tipo de compostagem.

Toda mudança traz consigo a insegurança porque estamos optando por algo novo, que pode ou não dar certo. Do ponto de vista ambiental a mudança é necessária e cabe a nós um pouco de esforço e dedicação para que os novos hábitos sejam incorporados no nosso dia a dia e gradativamente nos tragam benefícios materiais, ambientais e psicológicos.

Imagem

Coloque no seu dia a dia uma pitada de sustentabilidade. 

Faz bem pra você e o mundo agradece.

 

Um abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s