Combate à dengue: repelentes naturais


 

Estou na casa dos meus pais, no litoral. Por aqui, a dengue está terrível! Em BH também. Em várias regiões do País, a dengue é endêmica, e exige cuidados constantes. Além de derrubar você por alguns dias, em casos de complicações (dengue hemorrágica), pode até trazer risco de morte. Por isso, vale ficar atento aos sintomas: febre, dores no corpo e na cabeça, dor atrás dos olhos, prostração, manchas vermelhas na pele, coceira ou formigamento.

Para ficar bem protegida, a bebê aqui de casa ganhou um repelente natural da titia Liliam! Por isso, resolvi compartilhar com vocês esses cuidados super simples e naturais podem combater a proliferação da doença.

Em casa:

  • Elimine as áreas de reprodução do mosquito: água parada nas áreas próximas de onde vive.
  • Elimine ou vire de boca para baixo vasos vazios, caixas e qualquer outro recipiente que possa acumular água de chuva.
  • Aproveite para “destralhar” seu quintal!
  • Jogue sal grosso nos ralos abertos.
  • Coloque areia nos pratinhos que recebem excesso de água, embaixo dos vasos.
  • Óleos de cravo e citronela, e potencialmente outros óleos vegetais, ajudam a desorientar o mosquito. Pode usar para limpar a casa.
  • Deixe uma laranja secar ao sol  ou forno (não mofar, desidratar mesmo!), e craveja-a inteira de cravos da índia. Use como bolas decorativas pela casa, liberando um perfume suave que ajuda a manter insetos desorientados.
  • Outra coisa a testar: usar aquelas tomadas repelentes, mas em lugar da pastilha de veneno, usar casca de laranja.

No corpo:

  • Faça um repelente natural com 10g de cravo da índia, 1/2 litro de álcool e 1 vidro (100 ml) de óleo para bebê ou de amêndoas. Deixe o cravo curitr no álcool por 4 dias, depois misture ao óleo. Use uma gota nos braços, pernas ou outras nas áreas expostas
  • Você pode tentar usar uma pulseira de citronela, à venda nas farmácias. (Nunca testei)

Família bem protegida, limpa, cheirosa e feliz!🙂

Para mais informações sobre os tipos, sintomas e tratamentos da dengue, leia este post do Dr. Drauzio Varella.

Sobre verdades e mentiras sobre a dengue, leia esta análise da Fiocruz.

One thought on “Combate à dengue: repelentes naturais

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s