Sustentabilidade


O que entendemos por Sustentabilidade

Sustentável, ecológico, verde, ambiental, natural. Nenhuma dessas palavras tem uma definição exata, mas hoje se pode dizer que (quase) qualquer pessoa sabe mais ou menos o que elas querem dizer.

É como a bela definição da Cecília Meireles para liberdade: “essa palavra que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique, e ninguém que não entenda…”

Sustentabilidade tem a ver com permanência. A grande divulgação do termo veio a partir do Relatório de Brundtland, intitulado “Nosso Futuro Comum”, de 1987, onde ‘desenvolvimento sustentável’ foi definido como o desenvolvimento que “satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das futuras gerações suprirem as suas necessidades.”.

Muito ainda é debatido sobre o que viria a ser desenvolvimento, se está relacionado ou não a crescimento econômico, e se esse crescimento seria viável ou inviável. De nossa parte, acreditamos em um desenvolvimento para as pessoas, não para uma entidade abstrata a que se denomine “capital” ou “economia”. O desenvolvimento, assim, deve ser a melhoria da qualidade de vida da comunidade global, de fora justa, e medida não em termos financeiros, mas quanto a critérios de saúde, felicidade e sabedoria.

Sustentabilidade, em si, não é algo novo. Significa, ao pé da letra, a capacidade de se sustentar, se preservar. Ou seja, sustentável pode ser considerada toda a ação, idéia ou produto que se sustenta a longo prazo, pois não explora nem degrada o local em que vivemos. Em outras palavras, sustentável é um modo de vida – e tudo a ele relacionado – que permitirá a sobrevivência da humanidade na Terra.

Precisamos simplificar a vida, para usarmos os recursos, a energia e o tempo de forma sábia, para que todos, sem exceção, possam ter uma vida digna, feliz e sustentável. Para o Nosso Quintal, portanto, consideramos sustentável tudo que nos permite ter uma vida mais feliz, simples e com respeito à hospitalidade do nosso planeta.

Procuramos praticar e divulgar formas de aplicar uma sustentabilidade ampla no nosso dia-a-dia. Queremos compartilhar com nossos leitores a construção de um modo de vida viável nesse mundo em transição, que contribua para a permanência da vida humana na Terra, com qualidade e justiça. Buscamos um modo de vida inspirado nos ciclos naturais, que promova uma vida melhor, para você, sua família, vizinhança, e para todo o planeta.

6 comentários em “Sustentabilidade

  1. Procuro ter uma vida sustentável, mesmo morando em apartamento (minúsculo). Tenho plantas nas janelas. Fiz as grades bem largas e coloquei jardineiras. Tenho lavanda, beijos que florescem o ano inteiro, manjericão e outros. Quando cozinho macarrão (que usa muita água) não coloco tempero nenhum. A água, quando esfria, vai para as plantas. No box tenho uma bacia. A água do banho fica na bacia e depois vai para o vaso. O pó do café (sem açúcar, é claro) vai para a terra. A água dos legumes (só tempero depois) vai para as plantas. Praticamente não passo roupas. Seco-as em cabides e ficam prontas para usar. Tenho muitas manias, mas acho que são manias que me transformam no beija-flor da velha história.

  2. Carol e Dan, parabéns pelo blog. Gostei.
    Sustentabilidade é de fato bastante abstrato. Parece-me que a sustentabilidade está mais ligada à percepção/consciência das pessoas, nos vários segmentos sociais, do que às tentativas de formação de teorias sobre o tema. Um indício disso são os belos exemplos citados pela Bernadete.
    Nos negócios, segundo os estudiosos, a sustentabilidade apóia-se num tripé chamado “triple bottom line” – linha de três botões ou três botões em linha, onde os botões referem-se aos aspectos HUMANO, AMBIENTAL E ECONÔMICO.
    Em resumo um negócio tende a ser sustentável quando o mesmo proporciona às pessoas envolvidas a possibilidade de crescimento como cidadãos, quando usa práticas menos nocivas em relação ao meio ambiente e quando observado os anteriores consegue gerar riqueza aos acionistas. Faltando um dos botões esse negócio distancia-se da sustentabilidade.
    Para finalizar a sustentabilidade está em cada um de nós. Resta-nos acordar para esta realidade.

    Abraços,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s